Mala pequena: facilidades

ter todas as suas roupas em uma mala pode parecer uma maluquice para praticamente todo mundo, principalmente sob a vista de nossos padrões de consumo e de acumulação, ou mesmo por nossa cultura de não nos desfazermos daquilo que não usamos ou usamos pouco, mas para mim tem sido útil.

fiz uma viagem de 10 dias levando apenas a minha malinha e deu super certo.

ao contrário do que possam pensar, não andei com roupa suja e nem “reciclei” cuecas, mas usei tudo com racionalidade e lógica, principalmente nas combinações (poucas peças permitem muitas possibilidades, diz a matemática).

obviamente você precisa lavar roupas uma ou das vezes por semana, o que pode dar certo trabalho, mas no aeroporto é só alegria: sem mala pra despachar, sem extravios, sem necessidade de cadeados e nem daqueles plásticos horríveis de embrulhar a mala.

quando se chega ao destino, pegar o transporte público também é mais fácil e você não apenas faz economia como aprende a usar o lugar, a cidade.

experimente!

talvez uma mala possa ser pouco para você (cada um tem seu limite), mas começar a diminuir seu guarda-roupa, deixando apenas o essencial, pode ser um bom começo.

35CB62DE-19F8-4DE0-ABDE-EA87436A3A20.jpeg

 
19
Kudos
 
19
Kudos

Now read this

o começo

admitir que a vida é finita nos faz um pouco mais sinceros com nós mesmos. e mais atentos aos instantes. há alguns anos, pouco mais de cinco, resumi uma vida para que ela coubesse em carro. depois, em apenas um porta malas. após, em uma... Continue →